Como trafegar com segurança na neblina?

Qualquer elemento que possa ser um bloqueador de visibilidade deve ser encarado com seriedade pelos motoristas. A primeira medida para trafegar com segurança em caso de neblina é, sem dúvidas, reduzir a velocidade. Sem a certeza do que há à frente, o mais prudente é diminuir a velocidade para que haja maior possibilidade de reação por conta do condutor.

Outra medida para evitar problemas é utilizar os faróis e, em caso de existência de faróis de neblina, fazer uso associado. Assim, haverá uma melhor iluminação à frente, aumentando a possibilidade de visualizar possíveis obstáculos, como, por exemplo, paradas no trânsito. Além dessas medidas, evite também realizar ultrapassagens sob tais condições meteorológicas.

Observe a altura dos faróis

Os faróis são de extrema importância para evitar problemas na neblina. Para isso, é preciso que regule-se a altura do facho de luz. Se estiver muito elevado, o farol não irá cumprir com eficiência a sua função maior. Outro elemento luminoso que deverá ser conferido é o pisca-alerta. Em diversos casos, ele é fundamental para que o carro seja observado em movimento. Assim, é importante fazer tais conferências antes de pegar a estrada.

Em caso de inviabilidade de tráfego, prefira parar!

A medida mais importante por parte de qualquer motorista é a preferência pela prudência. Se as condições fizerem com que o condutor não tenha a mínima condição visual, a melhor decisão é evitar usar o carro. As chances de acidente, nesses casos, são potencialmente maiores.

Associe prudência com proteção veicular

Conforme falado, muitas vezes, permanecer parado é a melhor opção. Entretanto, em diversas ocasiões há mudanças meteorológicas repentinas e que podem ser causadoras de problemas ao motorista. Por isso, ter uma proteção veicular é importante. Assim, haverá assistência 24h para quaisquer eventualidades. Essa proteção ainda garante ao motorista ter reparados possíveis danos à propriedade em caso de acidente.