Notícias
Fusca verde | 22 de junho - Dia Mundial do Fusca

22 de junho – Dia Mundial do Fusca

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Hoje, 22 de junho, é o Dia Mundial do Fusca. Uma data mais que especial para quem é apaixonado por um dos carros mais tradicionais do Brasil e do mundo. É importante lembrar que, aqui no Brasil, o querido Fusca ganhou também uma data comemorativa nacional, celebrada em 20 de janeiro.

Somente um carro como o Fusca, que fez história por mais de oito décadas, poderia ter uma data só sua. Ou alguém conhece uma data comemorativa de algum outro carro? Apenas o Fusca consegue atrair olhares de apaixonados de todas as idades, mesmo já não sendo fabricado há quase 15 anos.

Origem e criação do Dia Mundial do Fusca

A escolha do dia 22 de junho é por um motivo mais que especial para os amantes do “Fusquinha”, como carinhosamente o carro é chamado por aqui. Foi nessa data, no ano de 1934, que foi assinado o contrato entre Ferdinand Porsche e a Associação Nacional da Indústria Automobilística Alemã, dando início ao desenvolvimento do modelo.

No entanto, a data só começou a ser comemorada recentemente: a ideia foi proposta pelo colunista do Portal Mexicar e autor do livro “Eu Amo o Fusca”, Alexander Gromow, durante o 5º Encontro Internacional de VW Antigos de Bad Camberg, na Alemanha, em 1995.

Desde então, neste dia, há milhares de homenagens em diversas partes do mundo. Seja entre colecionadores ou apaixonados pelo carro, o fato é que, a cada ano, a data tem ganhado mais divulgação e empolgado mais e mais pessoas.

Um pouco da história do Fusca

O Fusca foi o primeiro modelo de automóvel a ser fabricado pela companhia alemã Volkswagen. Em 1972, ele conseguiu ultrapassar o Ford Modelo T como o carro mais vendido do mundo.

O projeto do Fusca, ao contrário da maioria dos outros automóveis, envolveu diversas empresas e até mesmo o governo alemão. No início de 1933, o assessor Jacob Werlin intermediou um encontro de Hitler com Ferdinand Porsche, que possuía um protótipo do futuro carro popular.

No encontro, o chanceler alemão demonstrou algum conhecimento do projeto de Porsche e deu sua opinião sobre o “Carro do Povo”. E com uma lista pronta, fez algumas exigências. O carro deveria ter as seguintes características:

  • Ser capaz de transportar dois adultos e três crianças.
  • Atingir e manter uma velocidade média de 100 km/h.
  • Não fazer menos do que 13 km por litro de combustível.
  • O motor deveria ser refrigerado a ar.
  • Ter capacidade de transportar três soldados e uma metralhadora.
  • Custar menos de mil Marcos Imperiais, o que, na época era o valor de uma motocicleta.

Com essas exigências, faltava apenas desenvolver o projeto, e o resultado foi o modelo de carro mais conhecido do mundo. No entanto, há quem garanta que existem muitos pontos obscuros ou mesmo mal documentados sobre a real história do Fusca. Fala-se até mesmo que alguns detalhes foram perdidos com o desastre causado pela Segunda Guerra Mundial.

O Fusca no Brasil

Aqui no Brasil, o Fusca também faz parte da história, e de tão importante ganhou um dia nacional, comemorado no dia 20 de janeiro. A data celebrada no Brasil marca o início da produção nacional do carro mais popular da Volkswagen, que foi líder no mercado brasileiro por 24 anos, perdendo o posto apenas para o Gol, da mesma montadora, que liderou por outros 27 anos.

No Brasil, foram fabricadas 3 milhões de unidades entre 1959 e 1986, quando sua produção foi interrompida. Porém, em 1993 ele voltou a ser produzido a pedido do então presidente Itamar Franco, mas em 1996 a fabricação foi suspensa de vez, deixando milhões de apaixonados e saudosistas.

Unibras Mais proteção automotiva no Rio de Janeiro

Nós da Unibras Mais Proteção Automotiva parabenizamos a todos os brasileiros apaixonados pelo Fusca por essa data tão especial!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente